0

Cold Heart de volta com mudanças e um pedido muito legal

Olá

Estou refazendo os capítulos de Cold Heart, lembram dele? Algumas pessoas leram ele e como eu estou sem notebook resolvi voltar com ele por enquanto já que estou entediado e minha cabeça está fritando ideias. Estou escrevendo tudo de novo porque algumas coisas não fazem sentido quando escrevi naquela época, ajustar essas coisas vai me ajudar a dar mais facilidade de continuar a história. Tem uma parte que conta sobre a balada e ficou muito idiota porque naquela época eu não fazia ideia de como era ir em uma, até que fui no ano passado e deu uma ideia de como é. Por isso digo que escrever um livro/roteiro é muito complicado porque você se põe no lugar do personagem e você tem que sair da zona de conforto, tem que descrever situação que você não está acostumado, por exemplo, restaurante chique eu sofri pra imaginar porque eu nunca fui e tenho que me basear em algumas séries, tenho que pesquisar na Internet pra não sair feio na história, principalmente no coma da mãe de Julien.

Outra coisa que achei muito importante mudar foi essa coisa do Julien aceitar a sexualidade dele por que de alguma forma por causa disso que sua mãe quis se matar e a família dele o culpa por isso, na história eu estava esquecendo esse detalhe importante e ele estava muito normal, sem um trauma e já comentaram sobre isso, só agora me dei conta. Dessa vez vou fortalecer essa rejeição que ele tem por ser gay e isso claro trará decepção de seus amigos e pelos leitores também. Realmente algumas pessoas não sabem o quanto é complicado se assumir quando seus pais te julgam da pior forma possível e meu amigo passou por algo assim que nunca imaginei.

Ontem eu pensei na construção dos personagens dos pais do Johnson, empresas e relações delas com outras empresas e posso dizer que foi muito divertido, o segredo é você pensar no começo da coisa e já tenho o plot pro meio e um final ótimo pra história, meu desafio é construir a personalidade e decisões de cada personagem, Julien se tornou mais fácil pois ele é sem dúvidas parecido comigo e coloquei alguns defeitos nele que farei ele desenvolver com o tempo. Ontem pensei nos nomes da empresa do pai do Johnson e da esposa dele, isso vai ser importante principalmente na hora de fazer o diálogo dele com o Julien, pois mesmo tendo um sofrimento em comum eles se tornam melhores amigos, tanto que o Johnson vai se apoiar no amigo nas piores decisões da sua vida. Sempre é bom desenvolver o passado de cada um dos personagens para criar o futuro deles e assim a história ganha riqueza de detalhes, sem dúvidas te dá uma empolgação e quero aproveitar isso pra terminar a história enquanto eu não desenho, convido vocês para acompanhar comigo porque eu não serei bonzinho e trarei muito plots interessantes.

Estou pegando a história do Fanfiction e reescrevendo no aplicativo whattpad, o estranho é que ele fica bugado, já que a tecnologia andou me pregando peças comigo estou escrevendo no caderno e depois escrevendo pelo celular que é complicadinho, mas infelizmente é o único jeito para não perder a mania e ficar na cama desanimado enquanto procuro um emprego não está fazendo bem pra mim.

Para ler é  só clicar nesse link, para quem já leu eu convido para ler de novo que dessa vez ficou melhor, prometo que vai ficar interessante!

http://my.w.tt/UiNb/WEwC98Z3nD

Outra novidade que queria passar é que recebi uma história e um leitor muito gentil, ele me pediu para fazer uma resenha, a história parece ótima e estou ansioso para fazer meu review. Estou tendo vergonha na cara e lendo mais histórias, quero trazer conteúdo para o meu blog, na verdade estava querendo trazer esse tipo de conteúdo para cá, mas estava sem coragem e desanimado. Então convido aos meus leitores me mandarem suas fanfics/livros/contos para mim que farei sua resenha com prazer, ando notando cada gente talentosa que escreve que eu fico morrendo de inveja e quero me inspirar nessas pessoas, aliás são essas pessoas que me deram a força para escrever o Cold Heart. Tenho algumas história que me mandaram que eu estou devendo de ler, quero comentar sobre elas também, tenho uma que não é yaoi e preciso ler também, não tenham vergonha de me mandar histórias de casais heterosexuais porque eu quero abrir minha mente para essas histórias também kkkk.

 

Então é isso amores, espero ter falado tudo e trago mais capítulos arrumadinhos. ❤

Anúncios
2

Aquela vontade de contar uma história

Olá.

Infelizmente ainda não arrumei meu note por falta de dinheiro e estou guardando o pouco de que tenho pq o concerto ficou um pouco caro, por isso não estou desenhando muito coisa por enquanto, também por um outro motivo que falarei depois. Enquanto não tenho muito o que fazer, andei lendo algum livros e algumas fics na Internet e como previ me deu vontade de escrever também, exatamente na época que fiquei sem computador eu comecei a escrever Cold Heart, meu primeiro livro. Como eu não tenho muita experiência pra escrita eu resolvi tentar e acho que fui mais ou menos e quero continuar tentando. Vou rever e postar no whattpad, terei que reler pois já esqueci completamente tudo e vou tentar escrever pelo caderno e escrever celular mesmo. O mais legal é que tenho sorte por ter meu celular para postar por aqui e ouvir as musicas que eu quero enquanto não tenho meu notebook, mesmo achando o notebook bem melhor… Saudades 😥

Eu não continuei o livro por ter empacado na história, já sei um um plot bem foda pro meio da história, mas pra chegar até lá eu tenho que apresentar mais personagens, criar muitos diálogos e situações que faça os personagem sentirem uma conexão, estou tentando não deixar muito entediante e cansativo. Por isso parei e nem sabia mais o que escrever que cansei, larguei e voltei desenhar minhas páginas. Agora que não consigo desenhar, tenho que voltar a escrever…

Um dos outros motivos que não estou tendo vontade de desenhar também foi saber que meu editor me deletou do Facebook, eu fiquei realmente sem entender. O que passou na minha cabeça é que ele realmente ficou chateado que eu dei essa “mancada” pra ele. Mas infelizmente essas coisas acontecem comigo mesmo, quando eu comecei a desenhar eu nem tinha computador e eu tinha que ter um sozinho, antigamente eu usava do meu irmão e quando o dele dava problema ele nem ligava em concerta-lo mesmo se eu falasse pra ele que desenhar era uma coisa muito importante para mim, uma coisa que me dava vida, sentido, ele não ligava e é assim até hoje. Meus pais nem trabalham direito e não posso contar com eles, até porque na minha infância eu também não podia contar muito nessa questão de dinheiro, lembro no tempo de escola eu não podia ir em eventos de escola que tinha que pagar pq minha mãe ficava louca com essa ideia, meus amigos ficavam irritados pq eu nunca tinha dinheiro. Desculpa, mas sou fodido desde minha infância kkkkk. Eu sei que eu seria idiota por culpar meus pais por não darem um mimo que todo mundo recebia, até parava pra pensar o porquê os meus pais resolveram fazer 3 filhos se eles mal se sustentam. Mas enfim, todos crescemos e chegou nossa hora de nos sustentar, não tem jeito. Eu procurei bastante na epoca até que me joguei em um estabelecimento e trabalhei como atendente, foi uma época terrível da minha vida pq eu odeio trabalhar com o público e eu falo muito baixo, mas o meu desejo de comprar um notebook falava mais alto, me esforcei e engoli cada mico e coisas terríveis que consegui finalmente comprar, lembro que foi a coisa mais incrível que aconteceu comigo porque eu nunca tive uma coisa só minha, parece idiota, mas era um sentimento bom. Comprei minha mesa e o escaner, tinha praticamente tudo em minhas mãos e eu só precisava terminar meus projetos. Mas não sei o que aconteceu que fiquei muito parado e não desenhei muita coisa, entrei em uma fase da minha vida que conheci varias pessoas, comecei a sair mais, estava deixando a timidez de lado e estava beijando algumas pessoas… rs. Até que um rapaz veio no meu inbox e falou que queria lançar meu projeto em impresso, pensei: porque não? Estava parado mesmo e era um incentivo para eu terminar meus projetos logo que eu estava precisando. Mas pós maldade do destino o notebook desligou e não ligou mais, descobri que perdi todos os meus desenhos, todo o meu trabalho foi jogado no lixo. Era como se alguém tivesse ido no local e trabalho e tacado fogo nele. Fiquei tão arrasado que chorei muito, me senti um inútil, quanto mais eu ficava triste e contava para os meus familiares parecia que era uma coisa boba. Um dos motivos por ter ficado assim é também por não estar trabalhando e isso significava que iria demorar muito para arrumar, fora o editor que confiou em mim e não sabia o que fazer a não ser desistir.

Deu um tempo e descobri que o editor me deletou do facebook, eu fiquei incrédulo pq eu tinha uma imagem dele de ser um profissional, bem entendido dessa área de livros impresso que eu não faço ideia como é (tamanho da folha por exemplo)quando pedi para que cancelasse eu pedi desculpas por isso, ele me mandou “tá bom Rique” e ficou assim. Eu estava me sentindo culpado e não nos falamos depois disso. Essa semana eu descobri isso e eu fiquei muito chateado, pois pedi para que ele me informasse de outros projetos que ele estava indo lançar, soube que ele que ia lançar o Arquivo x das maravilhosas irmãs Alvarenga que fiquei orgulhoso e triste por não fazer mais parte, mas ainda quero acompanhar e comprar, do André tambem. Acho uma atitude infantil e nada profissional, coisa de adolescente revoltado na internet, se me xingasse pelo menos tah bom. Acho que meus mangás ficaram ficaram de fora, então eu vou pensar em outra forma de lançar, ainda não sei o que vou fazer, mas eu não desisti e ainda vou terminar meus projetos, começar tudo de novo. Não estou com raiva com raiva dele, tenho até agradecer por essa oportunidade porque me incentivou bastante. Mas eu não vou mais confiar meu trabalho para alguém que por nenhuma satisfação me descartar assim, no pior momento da minha vida.

As vezes tudo que queremos é só que alguém sente do nosso lado e fale: não chore, vamos resolver esse problema juntos. Eu me sinto sozinho, sem rumo e sem vida. Foi um golpe forte que não esperava, tudo deu errado, sou orgulhoso e quando meus amigos me oferecem ajuda eu fico com vergonha, meu melhor amigo realmente se tornou um anjo pra mim. Mas como tudo na vida passa, eu superei e agora estou lutando para que tudo se resolva, que eu continue procurando minha estrada e chegar o mais perto dos meus sonhos.

Muito obrigado por lerem até aqui, me sinto muito mais leve por usar esse blog pra desabafar um pouco e pretendo escrever mais. Quero avisar para que não desistem, chore bastante e desabafem quando der tudo errado. Não esqueçam que a vida é cruel, mas vc é mais forte ainda, pode vencer essa luta.

Volto com Cold heart arrumado. Beijos :*

2

Damn it!

Olá.

Quando a gente menos espera a vida te dá o golpe e infelizmente ganhei um golpe que me deixou muito arrasado. Para alegria dos meus haters o meu notebook deu pane no HD e parece que eu perdi todos os meus arquivos, todos os meus desenhos digitalizados arduamente e a capa que pintei com tanto carinho e que tinha ficado tão lindo, eu burra não salvei na Internet e infelizmente terei que fazer tudo de novo, não sei quando porque por enquanto estou sem dinheiro para arruma-lo.

É muito estranho que em 2013 foi exatamente a mesma coisa, acabei ficando sem internet e tinha que entregar um capítulo para um site e isso me deixou tão triste. Dessa vez foi uma crueldade do destino por perder todos os meus desenhos que suei pra desenhar e pintar que chega a ser injusto.

O lançamento foi cancelado porque não teria como lançar os mangás que ainda teriam que ser arrumados e os extras ainda serem criados. Estou sem notebook de novo e estou com tanta culpa por ter dado problemas para a editora Power e queria pedir muitas desculpas para o Fernando responsável pelas obras, ele estava contando comigo desde o lançamento da editora para lançar minha obras junto com os deles e de mais algumas pessoas maravilhosa que entraram também para a nossa equipe, teve muitas divulgações e foi perda de tempo por causa desse imprevisto, eu sinto muito mesmo…

Eu não irei desistir aqui, continuarei lutando pelos meus desenhos e não vou descansar até terminar uma obra minha esse ano. Eu entenderei caso a editora Power não quiser mais lançar os meus mangás, mas quero agradecer muito ao Fernando pela oportunidade, quando ele disse que meus trabalhos poderiam ser impressos e vendidos, foi um choque para mim e me incentivou a desenhar mais, organizar minha bagunça e terminar meus mangás o mais rápido possível, quero continuar com essa mania e quando voltar eu prometo ir com tudo de novo mesmo que eu tenha que desenhar tudo novamente.

Beijos e vamos lutar!

2

Um universo totalmente diferente

Olá galera!

Hoje vim fazer uma divulgaçãozinha do amor. Um artista que eu gosto muito André Inácio lançou a pouco tempo seu primeiro impresso pela NHK. Se trata de um concurso de mangá Nacional, ele mandou sua história para eles e foi um dos ganhadores! É uma oneshot curta divertida chamada Genoma, nessa edição tem duas histórias e mais dois volumes com duas histórias, mas o único que me interessou foi do André. Pra comprar é facinho, é só clicar na imagem que vai te redirecionar para a página da editora e lá você pode pagar pelo Pagseguro e encomendar, sai baratinho.

A história se passa em uma cidade que acontece uma série de assassinatos e três amigos comemoram seu aniversário no mesmo dia e algo irá mudar em suas vidas. Envolve um pouco de ação, mistério e fantasia.

O que mais gosto dos traços dele é por ser um estilo totalmente diferente do que costumamos a ver nos mangás. Já vi um comentário que falaram que o desenho dele parece infantil,  eu não achei porque se eu desenhar nesse estilo o meu vai parecer um bebê, por isso tenho um pouco de dificuldade de fazer um chibi e não tenho muita paciência. Quando comecei a desenhar meu primeiro mangá “Segredos do Destino” foi exatamente nesse estilo que comecei a fazer, mas sem me preocupar com proporção. Comecei a perceber que não era o estilo que eu queria porque o seme não dava aquela masculinidade que eu queria igual ao bara, então comecei a mudar meu estilo novamente, focar na proporção que tanto ignorei e fazer o máximo parecido com os dos mangás japoneses. André deu super certo com esse estilo do começo ao fim e ao passar do tempo seus traços continuam uma graça e muito bem desenvolvidos. Eu comentei com ele que eu acho incrível a facilidade que ele tem de fazer humor e os personagens são muito carismáticos. A parte que eu mais gostei dessa oneshot é quando um personagem que é gay na história ❤ conhece um rapaz e sem dúvidas é a cena mais fofa da história toda, quando eu li soltei gritinhos e meu sorriso ficou enorme, eu quero muito uma história focado nele e estarei torcendo pra que essa história seja contada. Agora os que não gostei, hmmm podem me chamar de puxa saco, mas não tem nada que eu possa dizer que não gostei dessa oneshot, acho que não gostei por ser curta, ele seria ótimo se fosse em série e com muita coisa pra rolar. Outra coisa também, queria que todo mundo fosse gay hahahaha. Mentira, o personagem Jhonny está ótimo como hétero.

Outro trabalho que gosto muuuito dele se chama Acquine, conta a inusitada história de amor entre Nicco e Suhn, um aspirante a pirata e um tritão perdido, e suas aventuras em alto mar! Ele colocou online no tapastic, por ser um trabalho curtinho ele posta uma página todo sábado, é uma ideia muito legal. Pra ler é só clicar na imagem.

Uma novidade maravilhosa é que ele também vai ter versão impressa e pela editora que também irá lançar os meus. Estou muito feliz que André entrou para a nossa equipe.

Ahh e não deixem de curtir a página do facebook dele: Meu Pequeno Universo Particular

Te desejo muito sucesso como artista André ❤

 

0

Nova Era

Oi galera!

Começou 2017, passou carnaval e nem dei as caras por aqui, desculpe é que minha vida ficou uma bagunça e tentei terminar meus projetos. Como podem ver dei uma mudada no blog, algo mais a ver com o meu estúdio que é uma rosa com espinhos. O cabeçalho por enquanto vai ser esse porque ainda pretendo mudar ele com alguma ilustração. Dá impressão que estamos no mundo da Malévola com esses espinhos todos, amo.

Também mudei a capa da página do Facebook e a foto de perfil, essa pintura digital é nova e peguei um pouco a técnica de alguns tutoriais de Deviantart, ainda tenho que aprender muita coisa porque ainda sou iniciante.

Vim trazer uma notícia bacana, meu estúdio Pleasure Comics entrará em parceria com a editora Power. Meu novo editor estava bastante interessado nos meus projetos então aceitei. Isso mesmo! Meus amorzinhos serão publicados em livros.

A editora Power fez parte de um grupo FV, eles também fazem parte de uma web rádio LGBT que está no ar há mais de 7 anos, a Rádio Power Strike (www.radiopowerstrike.com). Seu principal objetivo é lançar obras LGBT e participar do mercado de quadrinhos, livros e novels.

Por enquanto meus dois projetos serão publicados, um já foi lançado online por aqui e agora vai ter sua versão publicada (Podem notar que tirei daqui), ele vai ter algumas alterações por causa do tamanho da folha. O outro projeto é novo que estou terminando. Está previsto para Junho o lançamento então farei alguns mistérios e logo logo falo quais serão porque meu editor está terminando uma arte de divulgação dele e postarei aqui, também aproveito pra mostrar alguns projetos ótimos dele.

Então o trabalho não pode parar, tenho muita coisa para fazer e muito o que terminar, não posso ficar encostado como fiquei no ano ano passado. Agora é pra valer! O que mais desejo esse ano é terminar os meus projetos e farei o possível para realizar!

Fiquem por dentro das novidades!

 

 

1

Desenho realista

Oi leitores. ❤

A ultima vez que desenhei um desenho de rosto no estilo realista foi a 3 anos atrás e postei aqui, tinha desenhado a minha fav (Cantora favorita) Maaya Sakamoto e acabei de lembrar que não escaneei esse desenho pq naquela época não tinha escâner (Escaneando agora) kkkk. Essa é a versão escaneada.

Desenho Maaya Sakamoto by Henrique

Ontem me deu vontade de desenhar de novo já que faz um tempo que não fiz mais esse estilo, acho lindo.

Desenho Maaya Sakamoto by Henrique

000

Pra evitar ficar torto ou menor eu usei a ideia de um jogo de desenhar que comprava quando era criança que era para copiar um desenho no quadro ao lado, como esse aqui.

ecc70c85a6ba5f7b14933f49dae40e03

Acho esse jogo um ótimo incentivo pras crianças aprenderem a desenhar. Coloquei os quadrados na foto da Maaya e tracei os quadrados na folha A3, então se o olho está no meio do quadrado, vou fazer igual no quadrado da minha folha. Mas mesmo com bastante comentário de “perfeito” eu não sinto que está perfeito, ainda tem muitos erros e quero continuar desenhando nesse estilo pra melhorar no sombreamento e na proporção. Acredite, sou muito perfeccionista, pra ficar perfeito tem que ficar IGUAL e bem certinho, por isso dei muito zoom na foto pra pegar bem os detalhes dos olhos e cílios dela por exemplo (Que bom que a foto está em alta qualidade). Mas fiquei com tanta pressa e tinha acabado de me estressar com coisas pessoais que o desenho não seguiu perfeitamente e fiquei tremendo de raiva, sério! (¬¬) Vou focar no desenho dessa vez e se me estressar de novo termino depois, estava tão ansioso pra postar no facebook que terminei ele de noite.

Teve algumas pessoas pedindo para desenhar elas (de gente que nem sabe o andamento dos meus desenhos…) infelizmente não faço encomenda, já não termino nem meu mangá, imagine de gente que não me pergunta nem se eu tô bem ou se tô morrendo (não falaram que ia pagar) calma amores, o desenho não sai assim do nada sem precisar de muito esforço e trabalho. Mas mesmo pagando eu não tenho esse tempo, estou tentando me dedicar aos meus mangás, ansioso para terminar e lançar. O motivo de eu ter desenhado a Maaya Sakamoto é porque sem dúvida ela é uma cantora que amo e me faz me sentir bem com suas músicas, letras e reflexões nos meus momentos de tristeza e rejeição, as pessoas são tão egoísta que eu busco conforto nas minhas artistas, e desenhista também. Tanta gente espalhando amor com seu talento. Por isso que quem me conhece sabe que odeio, abomino que xingue ou zombe dos artistas japoneses que gosto com xenofobia, vai lavar a boca pra falar dela. u_u.

Continuarei desenhando mais artistas que me inspiram com estilo realismo, muitos me perguntaram porque eu não mando para a Maaya Sakamoto esse desenho, mas infelizmente ela não tem facebook, twitter, instagram, weibo… Talvez email, mas não sei qual é, mas seria meu sonho saber que ela viu o desenho, adoraria saber a reação dela, eu realmente amo muito ela. Os próximos que vou desenhar eu tenho chance de mostrar para os meus artistas porque eles são mais ativos na internet, só de imaginar fico com vergonha.

hxggfPor isso incentivo todos a tentarem desenhar o realismo também, nem que seja difícil, tentem até ficar perfeito. Será uma grande jornada  para mim também, mas não chegaremos lá se não tentarmos. Para ajudar vocês nesse estilo, tenho um livro em inglês ótimo que baixei um tempo atrás que ensina um pouco o sombreamento, lápis e proporção, muito legal. Eu vou procurar um amigo que possa traduzir ele para a gente, aí posto aqui bonitinho.

Pra baixar é só clicar na imagem do lado que vai para o Google Drive. Bom desenho!

0

Happy Birthday to Me ~KOKIA

Olá pessoal, estou fazendo mais um ano de vida hoje(12/07) e como prometido farei um post para esse dia com imenso prazer de compartilhar esse dia importante com vocês.

Como eu sempre faço, fiz um desenho de aniversário para mim mesmo com traços parecendo meio infantis, mas gostoso de desenhar e pintar com cores simples. Eu faço esses desenhos desde 2013 quando desenhei com uma cantora que amo mas que tudo que lançou um álbum novo e no bootleg dela eram as fotos editadas com ela em versão miniatura com alguns instrumentos musicais como teclado, trombeta, tambor. Peguei a ideia e desenhei ela e eu em versão chibi em cima de um bolo de chocolate cheio de granulado, eu adoro. Eu amo esse desenho até hoje porque era um desenho que consegui caprichar mesmo com o mouse.

My Birthday

Depois desse fiz outros no decorrer dos anos, esse ano não foi diferente. Mas antes desse desenho, fiz muitos desenhos de contagem regressiva e fui postando no instagram. Neles me inspirei em IDS! da Maaya Sakamoto, ela escreve todo mês uma mensagem com cores e desenhos diferente informando algum single novo ou algum projeto que ela está trabalhando. Aqui uns exemplos:

Nova Tela

Era para ser 12 imagens, mas tive que pular dois dias pq deu alguns problemas de tempo, mas sem perder o clima de contagem regressiva! Minha mãe e algumas pessoas acharam os desenhos muito infantis e outras acharam engraçadas, mas eu não me importei porque eu estava feliz em chegar meu aniversário e só queria comemorar. Para ver em imagem maior, só entrar no meu instagram clicando aqui do lado direito.

Nova Tela

E por fim o desenho principal, diferente dos anos interiores e dos desenhos de contagem regressiva, desenhei tudo a mão e pintei com alguns lápis de cores que tenho guardado desde o tempo de escola, devo confessar que faltava prática pra passar a caneta em cima sem tremer e quase estragar tudo. Pintar me trouxe nostalgia dos meus tempos de escola, mesmo com os lápis sendo ruins demais, escaneei e aqui está. Gosto muito desse efeito de lápis.

Desenho HBD 2016

Isso mesmo, estou fazendo 22 anos. @-@ Estou ficando velho e ainda quero comemorar bastantes aniversários daqui pra frente!

Passei um tempo com minha família e com meus amigos que não se importou em ficar do meu lado nesse momento importante e comemorar comigo, fiz um bolo, bebemos e nos divertimos, foi uma noite muito divertida.

Muito obrigado a todos por acompanhar meu humilde blog, meus desenhos e minhas histórias fantasiosas! Que venha o futuro e projetos novos!!!